Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Um dia com colite ulcerosa

O drama diário de quem tem DII, doença inflamatória intestinal

Um dia com colite ulcerosa

O drama diário de quem tem DII, doença inflamatória intestinal

Novos voos, novas aventuras

23574230_10213410171036207_360548136_n.jpg

 

No final do ano passado, decidi que este seria o primeiro, o derradeiro ano de muitas coisas boas, de sonhos para realizar, de objectivos para cumprir e de nunca mais parar.

A minha inseparavel colite não me tem dado treguas, mas eu tambem não lhe dou descanso. Estes meses tem sido duros, mas ao mesmo tempo muito compensadores, tenho feito coisas que ate então não sabia se quer, se era capaz. Houve um momento ou outro que senti o meu corpo a ceder ao cansaço, ao stress e á ansiedade, mas nunca, mesmo nunca pensei em desistir!! Desistir é para os fracos! 

Até agora o balanço tem sido positivo, sinto que a doença finalmente começa a entrar em remissão, há dias que não tenho qualquer sintoma, e outros que volta tudo, as colicas, as dores abdominais, as perdas de sangue, a diarreia...

O tratamento a meu ver e no parecer do medico já não está a fazer o efeito desejado, continuo a tomar a dose mais alta do tratamento e a faze-lo de 5 em 5 semanas... Mas já não é eficaz, se até ao final do ano a coisa se mantiver assim, irei mudar de tratamento! Felizmente começam a existir outros farmacos e novos tratamentos menos evasivos. 

E já estamos quase no final do ano, ufa, fiz tanta coisa, agora olhando para trás e imaginando-me como estava à um ano, cheia de incertezas, inseguranças, medos, frágil com a doença, estava longe de pensar que conseguia fazer tanto e em tao pouco tempo. 

O balanço deste ano foi positivo, duro, mas valeu muito apena. 

O novo ano está aí não tarda, com ele novos projectos na mira!

p.s Não desistam dos vossos sonhos. Arrisquem e se não for á primeira, tentem outra e outra vez. Sejam felizes!!!